NÃO ROMANTIZE O IMIGRAR!

Sempre incentivo aqueles que tem vontade de imigrar a imigrar. Mas, por outro lado, cabe um alerta: como qualquer lugar do mundo, nada é perfeito e você, ainda que ganhe muito, poderá perder do outro lado. E quanto antes ter noção dessa realidade, melhor é para que realmente decida-se.

NÃO ROMANTIZE O IMIGRAR!

Um outro país é = a uma outra cultura, abandonar alguns hábitos e adquirir novos, é aventurar-se no novo, mas talvez sentir falta do passado. Isso envolve língua, xingar e papear no seu idioma, com os seus, envolve costumes, envolve hábitos diferentes. E isso é bom, mas pode ser um ruim também.

Talvez você vá sentir falta do pastel da feira, de sentar com os amigos para fazer churrasco a qualquer hora e toda semana, talvez vá sentir um pouco a falta do calor do brasileiro, do calor do clima do Brasil, do milho na orla da praia, do caldo de cana na beira da estrada, dos m2 da sua antiga casa, dos amigos e familiares aparecendo do nada na sua casa. A saudade, sabe?

Tudo isso pode ser positivo. Ou negativo. Depende.

Você também precisa estar preparado para não ver o casamento do seu melhor amigo, não se despedir-se pessoalmente de alguém que amou, não estar no batizado do seu afilhado, nem na formatura do seu irmão, nem de uma premiação de alguém muito chegado. Mudar-se de país muitas vezes envolve tudo isso, seja pela limitação de grana, de distância, de agenda ou de tudo isso.

Outra coisa que você tem que saber é que xenofobia infelizmente existe e em maior ou menor grau. Para alguns, isso fica nítido e dói demais. Para outros, é como entrar por um ouvido e sair por outro, afinal passa como irrelevante. Outros, enquanto imigrantes, sentirão o peso de não serem parte nem do Brasil, nem do novo lugar, por que ou você é “vc nem mora mais aqui!” ou “você é estrangeiro!”.

Talvez, como morador de um novo país, dependendo da sua limitação profissional, de língua, financeira ou etc., você poderá se deparar com um trabalho que você nunca pensou em fazer, ou não estudou para, ou ainda não estava nos seus planos, muito menos seguia seu currículo e suas principais aptidões.

•••

Há tanto pelo caminho. Não romantize. É uma realidade, portanto é real.

Formas de imigrar

💭Onde você gostaria de estar morando agora? Você sabe quais são as possibilidades de conseguir viver lá?

Tem vontade de mudar de lugar, então tente! Para isso, nada melhor do que munir-se de informações e fazer de um desejo algo mais palpável, real!

Formas de imigrar:

A) AUPAIR: países como França e EUA possuem o programa de Aupair. Trata-se de um programa de intercâmbio para brasileiros mais jovens morarem no exterior junto com as famílias em troca de trabalho, geralmente relacionado a cuidados de crianças e algumas tarefas de casa (há regras e regras. Não é um programa perfeito, alguns “exploram” muito, mas outros te cedem espaços no país deles e de modo que sigam todas as regras. Não é perfeito, mas pode ser uma porta de entrada. Já entrevistei várias pessoas que fizeram esse tipo de intercâmbio e essas lives estão salvas no meu IGTV e no YouTube).

B) CIDADANIA: investigue seus antecedentes, se ninguém te cede algum direito de migrar de forma legal por sangue. A cidadania italiana, por exemplo, é um dos meios e sem limites de gerações desde que tudo comprovado (é inclusive uma das cidadanias mais possíveis de se fazer, caso você tenha alguém do sangue italiano na sua família). Adotados claro que fazem parte da família!

C) VISTO DE TRABALHO: trabalhar em multinacionais no🇧🇷 pode te ajudar a enxergar possibilidades de morar fora c/+ facilidade. Mas tbm tem o LinkedIn. É claro q algumas áreas são muito + difíceis de ampliar portas em outros países, até pelo fato de necessidade de validação de diploma. Mas pesquise! Áreas como T.I., por ex., tem campo bastante vasto.

D) ESTUDOS: p/ aprender uma nova língua, fato que envolve investimento de grana, ou por conta de especialização. Inclusive há possibilidades de bolsas, além das pagas, conciliando um trabalho futuro.

E) PORTAS + AMPLAS P/ 🇧🇷: países do Mercosul, Portugal etc. tendem a ter formas + acessíveis de recepcionar brasileiros.

F) VOLUNTARIADO: se você tem o desejo de trabalhar c/missões pelo mundo, o voluntariado é uma possibilidade. Algumas instituições/sites como ONU, AMI, Cross-Cultural Solutions, AIESEC, Volunteer Abroad são alguns exemplos.

•••

🔴 Dessas opções, qual te agrada mais?

Passeios “no money” em Londres

💸Está em Londres, mas sem dinheiro para torrar? Se liga em alguns passeios interessantes para fazer nessa situação.

🏛Museus: são mais de 170 museus por aqui, sendo que a maioria deles são gratuitos. Tem Museu de arte moderna, de guerra, de ciência, de arte clássica etc. Fica aqui algumas sugestões: British Museum, National History Museum, Science Museum, National Gallery, Tate Modern, Tate Britain, Victoria & Albert Museum, Saatchi Gallery, Imperial War Museum, Museum of London.

🌳Parques: tudo bem que às vezes o tempo não ajuda, mas é muito comum as pessoas por aqui frequentarem os parques. São mais de 3000 parques espalhados pela cidade. No verão, por exemplo, é comum você ver gente pelas áreas verdes fazendo festas de aniversário, casamento, festinhas, jogos entre amigos, dentre outras atividades.

🚶🏻‍♀️Caminhar: andar pela cidade, desbravando os espaços lotados ou não, admirando a beleza da arquitetura, monumentos, parques, comunidades etc.

🥎Praticar esportes: nos parques, por exemplo, há áreas que você pode praticar tênis, basquete, skate, dentre outros esportes. Para alguns acessos, é necessário agendar com antecedência.

👶🏻 Parquinhos: para as crianças, há muitos parquinhos, sejam dentro dos parques, sejam nos bairros.

💂Realeza: se você curte entender a realeza e os elementos que a rodeiam, há, por exemplo, a troca de guardas em frente ao Buckingham Palace.

📸Ver famosos do cinema no tapete vermelho da Leicester Square. Para alguns acessos é pago, mas em outros mais amplos, há o free!

🌁 Acesso a belas vistas da cidade: Encontre algumas das melhores vistas da capital nas alturas inebriantes do Sky Garden, por exemplo (apenas não esqueça de agendar com antecedência pelo site), ou nas proximidades do The Garden.

🎶Festivais e música: ao longo do ano, é possível encontrar concertos gratuitos, além das músicas pelas ruas, estações e pubs. O bar de blues “Ain’t Nothing But…” de domingo a quinta-feira à noite, por exemplo, tem apresentações musicais e com entrada gratuita.

•••

Aqui são algumas das atividades a fazer, mas ainda muito mais.

🤔Qual dessas mais te agrada?

Viver o presente é massa e desafiador

Não sei se já aconteceu com você, mas comigo isso é algo que vira e mexe paira minha mente: preocupar-se com o amanhã, esquecendo-se de viver hoje.

Isso gera uma ansiedade desnecessária, considerando que nem temos certeza de que o amanhã existirá.

Jesus, um cara maneiro pra caramba, durante o sermão do monte, disse: “…não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal.”.

Sempre ouvi isso, entendo como é da hora o presente, mas costumo dizer que é desafiador, visto que muitas vezes deixo o futuro martelar minha mente.

Já vivenciei algumas situações na vida que a insegurança do incerto futuro deram aquela acelerada na minha cabeça. Outras em que a vontade por chegar aquele dia lá da frente piava no meu interior.

Aqui em Londres, por exemplo, minha paciência e meu nível de ansiedade já foram testados em um grau que só Deus e meu psicólogo sabe 😅! Você talvez também já tenha tido seus picos de um ser ansioso. A começar pelo dia que aqui cheguei com Carlos e não tínhamos emprego ainda e o dinheiro estava super restrito. Como seria a semana seguinte era uma das questões que nos fazíamos!

Esse é apenas um exemplo. Outras muitas coisas aconteceram e que em alguns momentos deixamos de lado o hoje, focando no louco amanhã que é incerto, um amanhã que um dia ou outro, não teremos mais, enquanto que o hoje, o presente, está aí nos convidando a vivê-lo.

Esse viver o hoje inclui dias bons, dias maus. Dias de alegria, de ver a família, rever amigos, de trabalho produtivo, de férias merecidas, de lazer… outros, o choro vai bater à porta, as perdas vão acontecer, mas tudo faz parte da vida. E você, eu, nós teremos que enfrentar.

O esquema é encarar o agora! É o agora que existe. É ele que é certo, bom ou ruim, é o hoje que vale!

Façamos sim planos, tenhamos sonhos, busquemo-os, mas não deixemos que o futuro tenha o foco. Valorizemos o hoje, o único tempo real.

Harry Potter, Reino Unido e curiosidades

Não sou hiper fã de Harry Potter, mas sou fã de cinema, teatro, arte, boas produções, bons escritores e oq isso tudo provoca nas pessoas, inclusive ao ponto d uma obra transformar-se em sucesso mundial como Harry Potter.

Como menina do interior, ao chegar em Londres, demorei p/ perceber q aqui grandes produções são gravadas, inclusive muitos atores famosos das telinhas andam pelas mesmas ruas q eu ando, muitas premieres se dão ali perto do meu trabalho, na Leicester Square. E não q isso seja “fãzisse”, mas é muito interessante ver pessoas e cenas reais, q podem ser vistas no ao vivo, para depois ver a mágica das edições, roteiros, direção, até chegar a nós espectadores.

Diante disso, não ser super fã da saga Harry Potter não quer dizer q não posso me admirar c/ essa produção, ainda mais surgindo aqui onde estou.

Algumas curiosidades relacionados à obra Harry Potter:

🧙🏻A saga da autora JK Rowling já completou 2 décadas. Filha de um engenheiro aeronáutico e de uma técnica de ciências de um departamento de química, Joanne Rowling cresceu rodeada de livros. “Eu vivia para os livros’ ’, disse ela. “Eu era uma leitora ávida comum, completa, c/ sardas e óculos do National Health.” Semelhanças c/ Harry?

🧙🏻Muita leitura e prática da escrita desde muito cedo, muita criatividade e muito acreditar que é possível! Isso não faltou pra essa autora, que concebeu a ideia de Harry Potter em 1990 enquanto estava sentado em um trem atrasado de Manchester para Londres King’s Cross. Nos cinco anos seguintes, ela começou a mapear todos os 7 livros da série.

🧙🏻 O livro foi publicado pela primeira vez pela Bloomsbury Children’s Books em junho de 1997, sob o nome J.K. Rowling.

🧙🏻 Em 2001, a adaptação cinematográfica do primeiro livro foi lançada pela Warner Bros.

🧙🏻Hoje é obra orgulho dos ingleses, forte símbolo do país.

🧙🏻Alguns lugares de Londres onde cenas foram rodadas:
✔️Australia House
✔️Estação de Trem King’s Cross Station
✔️Millennium Bridge
✔️London City Hall
✔️Great Scotland Yard
✔️St Pancras Renaissance Hotel
✔️Claremont Square
✔️Piccadilly Circus
✔️Leadenhall Market
✔️Reptile House

Vc prefere Harry Potter filme ou livro?

#brasileirosemlondres #tbt