Destino final

A caminho para o trabalho, é comum os taxistas mudarem a rota, fazerem n caminhos diferentes. E por esses caminhos diferentes chego no destino final; às vezes com mais tempo, outras vezes, mais rápido, algumas vezes com trânsito e confusão, outras, redescobrindo novos espaços , desenvolvendo bate-papo ou até respirando o silêncio (até o silêncio que fala). Enfim. Chego… uma hora estou no destino final.

E fiquei pensando que sempre haverá outros caminhos, outras formas, outros meios de se chegar a um objetivo, a um lugar, ao que se almeja… às vezes até com alguns obstáculos, mas superáveis… é só uma questão de tempo.

[Obviamente, há caminhos que não convém, mas não estou falando disso neste momento.]

Falo de ver por outros horizontes, de entender que se por aqui não funcionou, talvez devesse fazer um novo caminho, uma nova rota. Tentar de novo, levar mais tempo, não apressar, esperar, ser paciente, aprender com o outro, ouvir o silêncio, reconhecer-se nesse caminho…

Apenas seguir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s