‘Não basta não ser racista, precisamos ser antirracista!’ Taison, 2019

“Whenever this issue of compensatory or preferential treatment for the Negro is raised, some of our friends recoil in horror. The Negro should be granted equality, they agree; but he should ask for nothing more. On the surface, this appears reasonable, but it is not realistic. For it is obvious that if a man is entering the starting line in a race 300 years after another man, the first would have to perform some impossible feat in order to catch up with his fellow runner.” Martin Luther King

Traduzindo:

“Sempre que as questões de compensação ou do tratamento preferencial para os negros aparecem, alguns amigos ficam horrorizados. Eles concordam que o negro merece a igualdade, desde que não peçam mais nada. À primeira vista, isso parece razoável, mas não é realístico, pois é óbvio que, se um homem sai da linha de partida de uma corrida 300 anos depois de outro, o primeiro precisaria de uma façanha inacreditável para alcançar o colega.”

Esse pensamento foi relembrado na série “Explicando” da Netflix, episódio “A diferença de riqueza entre brancos e negros”. Trata-se de uma realidade dos EUA, mas que é possível estabelecer semelhanças com o mundo, de modo geral, considerando que o racismo ainda é realidade em muitos lugares.

Super dica! Assista! Abra sua mente! 🖤

‘Não basta não ser racista, precisamos ser antirracista!’

TAISON, 2019

@taisonfreda7

#racismoestrutural #racismo #desigualdade #ricos #pobres #raçanegra #raça #preconceitoracial #preconceito #antiracismo #antiracista

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s