Rafael Greve: pastor, perito criminal e ativista social

Nascido em Mogi das Cruzes, São Paulo, 36 anos, casado e pai de uma linda filha, Rafael Greve é pastor e perito criminal no Estado do Paraná.

38461400_441571979692149_1219761967510585344_n

De personalidade bem tranquila, Rafael confessa que, com muita facilidade, se encontra em situação de comodismo, mas para vencer essas zonas de conforto, sempre procura definir metas a curto e médio prazo, motivando-a a continuar: “Aceitei desafios que não me achava capaz de realizá-los de imediato, mas sabia que o esforço seria recompensado”.

Formado em Educação Física e Teologia, Rafael já trabalhou por 2 anos como personal trainer e avaliador físico. Em seguida, passando em seu primeiro concurso público, assumiu a função de Educador Social, função ligada ao atendimento de crianças e adolescentes em conflito com a lei. Trabalhou na Semi-Liberdade, por 3 anos, e depois prestou o concurso para trabalhar na polícia como perito criminal, função que está até hoje, conciliada ao pastoreio. Para ele, passar em vestibular e concurso é uma espécie de premiação, afinal é muito esforço para obter sucesso.

Como pastor, Rafael se dedica ao projeto social Recrutando Vidas, em que são atendidas aproximadamente 80 crianças da periferia de Londrina, especificamente do bairro São Marcos. No projeto, são cedidas atividades socioeducativas, como aulas de inglês, música, jiu-jitsu e ética cristã. Tal projeto foi premiado em 2017, em primeiro lugar no prêmio de de Cidadania do Observatório de Gestão Pública de Londrina-PR.

Veja o andamento da construção do Projeto Recrutando Vidas.

Quanto à igreja, Rafael é pastor titular da Igreja Presbiteriana Novo Tempo, apesar de algumas vezes ter que se ausentar devido ao outro trabalho, mas ele afirma: “conto com uma equipe muito boa de gente que topa ajudar e participar… É um time bem dedicado!”. Em sua igreja, há alguns projetos, como Estudo Bíblico, Células de Comunhão, Discipulado, além do grupo denominado Cruz Azul, que é um grupo de apoio a usuários de drogas junto aos seus familiares e, também, associado a um trabalho de prevenção para outros adolescentes e jovens, em que são reunidas aproximadamente 40 pessoas todas as quintas-feiras à noite. Outro projeto bastante interessante, em parceria com o Projeto Missão Vida, que acontece aos sábados, é o Mãos Estendidas, destinado a moradores de ruas. Através desse projeto, são entregues lanches aos “sem-tetos” e há um bate-papo com eles, em que é proposto que saiam das ruas, vivendo um tempo de tratamento na Missão Vida, para, quem sabe, desfrutarem de um futuro melhor.

Já como perito criminal, Rafael realiza plantões na polícia científica em locais de morte violenta, dentre eles acidentes de trânsito, com vítimas fatais, suicídio e homicídio. Ao todo são 5 peritos criminais nessa área na região do Norte do Paraná, o que torna o trabalho um tanto exaustivo, já que, por muitas vezes, envolve deslocamentos longos, sempre com bastante urgência e sem horários determinados (como madrugadas), afinal se tratam de fatalidades e faltam profissionais trabalhando na área, se comparadas ao volume de trabalho. Rafael ainda complementa: “Atendemos, principalmente, nas periferias, devido ao tráfico de drogas e ação da polícia… Atendemos bastante em bairros mais carentes.”, o que, infelizmente, condiz com boa parte do Brasil, em que os crimes são maiores em áreas mais pobres.

Fato a destacar que aconteceu durante o processo de admissão de Rafael à polícia, foi sua reprovação no teste psicológico, por alegarem que ele seria uma pessoa com alto grau de tensão, ansiedade e agressividade. Rafael não concordou com o laudo da equipe de psicólogos, já que era um diagnóstico totalmente contrário a quem ele é (quem o conhece, sabe! rs…). Foi quando entrou com uma ação judicial solicitando a refacção dos exames. O processo foi aceito, os exames refeitos e Rafael foi aprovado, comprovando assim sua “sanidade mental”.

Por serem profissões totalmente distintas, ao questionar Rafael sobre possíveis conflitos, ele foi bastante pontual declarando: “Na verdade, graças a Deus, eu tenho administrado bem… apenas conflito de agenda, por causa dos plantões, que às vezes não me permite estar em alguma atividade da igreja. Mas, fora isso, eu procuro tanto em uma quanto em outra profissão, fazer meu melhor, me dedicar e fazer para Deus. […] Para mim, o trabalho da perícia é de contribuição para a justiça e creio que a justiça é um valor para o Reino de Deus.  Então, quando estou na perícia, eu também estou servindo a Deus promovendo justiça no mundo”.

Greve conta que ainda tem muitos muitos sonhos para a igreja e os projetos sociais em que participa, bem como na vida profissional e pessoal: “Sem sonhos, o ser humano fica muito vulnerável à depressão e à frustração!”.

Por falar em vida pessoal, Rafael pretende junto à esposa ter mais um filho. Já pai de uma garotinha, a menina de seus olhos, ele lembra com alegria o nascimento de sua filha, hoje com três anos e meio: “Ela tem me feito amadurecer muito e me levado a conhecer mais o amor de Deus por nós! Recentemente, inclusive, me alegrei com uma resposta de minha filhinha em um momento de brincadeira… Ela me abraçou forte e eu perguntei: “Por que você me abraçou?” e ela me respondeu espontaneamente: “Porque eu te amo!”.”

 

38539028_1895691890490045_7029555235148267520_n

Rafael define-se como “um ser humano que busca seguir os passos de Jesus em resposta à salvação e nova vida que ele me deu por meio de seu sacrifício na cruz e sua ressurreição” – afirma Greve. Ele ainda é bastante enfático em seu propósito de vida: “Temos que procurar viver a vida não apenas para nós mesmos… temos que buscar colocar nossos dons e talentos, dados por Deus, a serviço de outras pessoas, a serviço de uma causa maior, do bem de outras pessoas. A grande inspiração de Cristo é negação do eu pelo bem do outro.

Para ele, o mundo hoje é um local em que “o reino dos céus, já inaugurado em Jesus, existe em oposição ao sistema de valores da sociedade. O primeiro sinaliza paz, alegria, justiça, esperança e amor… o segundo, deixa os rastros de morte, violência, desigualdade, maldade e ódio. Para fazer a diferença, acredito em mudanças localizadas […] por meio de ações de bondade, lutas pela justiça, serviço ao próximo e perdão ao que nos maltratam… Devemos crer que Jesus Cristo é o Salvador e Senhor de nossas vidas, submeter nossas vidas à Sua vontade e então desfrutar do prazer inigualável de experimentar os valores e a alegria do Reino de Deus em nosso viver!”.

A partir de tal pensamento, Rafael destaca um trocadilho: “Pessoas não se importam com quanto você sabe, até que saibam o quanto você se importa com elas.” E continua: “Como legado de vida, eu gostaria de deixar anunciado e exemplificado o significado da Graça! Isto é, amor oferecido a quem não merece. Pois é esta graça que Cristo me oferece diariamente!”.

Rafael, admirador do pastor Ed Rene Kivitz da Igreja Batista da Água Branca de São Paulo-SP, inspira e, com certeza, continuará inspirando muitas outras pessoas por meio de suas profissões e estilo de vida.

E aí? Quem te inspira?

 

 

*******

 

Para contatar o Rafael Greve e/ou obter maiores informações sobre o projeto:

Fone: +55 43 9 9911-7278

E-mail: rafagreve@yahoo.com.br

5 comentários em “Rafael Greve: pastor, perito criminal e ativista social

  1. Conheço Rafael Greve,e sua familia tambem.Sabia que ele era pastor,mais perito criminal,pra mim novidade.Parabens Rafa,vc e aquela pessoa que admiramos bastante,tudo de bom ,e sucesso,vc merece.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s