E a Copa do Mundo FIFA 2018 é da África

Dia 15 de julho de 2018, a França vence por 4×2 o grande time da Croácia. O título é da França, mas também é da África. Sim. De 23 jogadores, a maioria é de origem ou raiz africana: como Kimpembe, Umtiti, Pogba, Mbappé, Dembelé, Tolisso, Kanté, Matuidi, Nzonzi, Mandanda, Fekir, Sidibe, Mendy e Rami. É nítido que eles “escolheram” representar a França como seu país, seja por nascer ou se naturalizar francês, mas é inegável não perceber a África ali, a mesma África das ex-colônias do país europeu ao longo da história e que, ainda hoje, tantos africanos buscam refúgio por lá pela situação precária que se encontra seu país.

Agora um pouco além de futebol, é estranho pensar que o explorado busca refúgio com o explorador. Mas, por outro lado, também é super compreensível, considerando a difícil situação em que boa parte da África ainda se encontra: fome, pobreza, miséria, guerras… Mas, também, não seria tal situação ruim do país africano resultado das explorações de muitos dos países europeus, como a própria França? Que louco! Que situação!

Mais louco ainda é pensar como anda esse controle migratório, fortalecido por uma extrema-direita, que quer barrar a entrada desses mesmos africanos, aqueles que podem ganhar a Copa do Mundo por eles (sugiro esta leitura: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2018/02/franca-monta-posto-avancado-na-africa-para-tentar-reduzir-fluxo-migratorio.shtml).

Óbvio que há pessoas e pessoas. Há aquelas que integram “o de fora” no país e/ou na família, principalmente, se podem sair à frente… porém há também aqueles que relutam contra essa miscigenação, alguns xenófobos, talvez.

Ontem, inclusive, torci pela França pela miscigenação, apesar do reflexo da colônia. Me recusei a torcer pela Croácia, sabendo que alguns ali cogitam um ultranacionalismo, aquele saudosista à Ucrânia, aquele típico Hitleriano… para mim, isso nunca vai colar (Sorry!). Poderia talvez ficar balançada pela simpatia ou até empatia da presidente croata, ou pelo “rancor da copa de 1998”, ou, até mesmo, pela garra dos jogadores croatas ainda não detentores do sonhado troféu, mas muito além de futebol, outros coisas pesaram… não consegui separar as coisas.

Quanto ao futebol, parabéns aos franceses! Parabéns aos africanos! Parabéns, também, aos croatas!

#ACopaÉDaÁfrica

#France #França #Africa

#WorldCup2018

P.S.: Convido meus colegas de história, de direito e de política a pensarem e argumentarem comigo e me corrigirem se eu estiver enganada. Preciso aprender mais sobre. Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s